Dia de Pop! PET SHOP BOYS com “Introspective”.

E aí pessoal? Chegou a vez do Pop na nossa Casa dos Clássicos e escolhi uma das minhas bandas favoritas pra esse post, o Pet Shop Boys, da dupla Neil Tennant e Chris Lowe, com seu maravilhoso álbum, Introspective, lançado em 11.10.1988.

Introspective é o terceiro álbum de estúdio da banda e um dos mais vendidos, com cerca de 4,5 milhões de cópias mundo afora e conta com apenas 6 músicas, porém, todas as faixas são longas e foi diferente do que geralmente é feito nos discos de pop/dance music, onde são lançados discos com músicas mais curtas para tocarem nas rádios e depois fazem remixes com versões mais longas, o Pet Shop Boys fez justamente o contrário lançando todas as faixas mais longas e depois fez remixes mais curtos dos compactos que foram lançados. 

O nome do álbum foi dado em virtude de todas músicas serem mais introspectivas e a banda achava que esse nome iria soar mais sério, como uma exposição de arte. Apesar de ser um álbum de pop/dance music, nesse disco a dupla mudou um pouco seu som, incluindo nos arranjos elementos de orquestra. As letras falam sobre vários temas, que vão desde relacionamentos, amor, festas, questões políticas e até cachorros! Em 2001, Introspective foi relançado com o nome de Further Listening e com mais faixas, incluindo alguns remixes e três inéditas, chegando ao total de 15 faixas.

Pet Shop Boys

Faixas:

1. Left To My Own Devices (Neil Tennant / Chris Lowe) – 8:16
2. I Want a Dog (Tennant / Lowe) – 6:15
3. Domino Dancing (Tennant / Lowe) – 7:40
4. I´m Not Scared (Tennant / Lowe) – 7:23
5. Always In My Mind / In My House (Johnny Christopher / Mark James / Wayne Carson) – 9:05
6. It´s Alright (Sterling Void) – 9:24

Os compactos lançados foram: “Always On My Mind”, que é um cover de uma música muito conhecida de Elvis Presley e que em 1987, num especial de TV em Londres, chamado Love Me Tender, que comemorava os 10 anos da morte de Elvis, os Pet Shop Boys foram convidados e gravaram uma versão de “Always On My Mind” somente para esse programa, a versão foi tão bem recebida que a banda decidiu gravar a música lança-la em compacto.

Em Introspective, essa canção foi mixada junto com a canção “In My House”. A música chegou ao topo das paradas em vários países pelo mundo e ficou por 04 semanas seguidas na parada da Billboard Top 100 nos Estados Unidos. Em 2014, numa votação aberta ao público pela BBC de Londres, a versão dos Pet Shop Boys de “Always On My Mind” foi considerada a melhor cover de uma música de todos os tempos! E particularmente, pra mim é melhor que qualquer outra versão dela já feita! Típico caso de ser melhor que a própria original.

As Boy Bands e o fenômeno NEW KIDS ON THE BLOCK.

INFORMATION SOCIETY com seu clássico álbum.

“Left To My Own Devices”, que é a primeira faixa do álbum e considero uma letra bem inteligente e pessoal, onde você pode ver citações sobre relacionamentos, introspecção e até uma menção à Che Guevara, isso tudo numa batida dance e os citados elementos de orquestra já na sua introdução.

“Domino Dancing”, outro grande sucesso da banda, que fala sobre relacionamentos e tem uma pegada mais pop latina. O videoclipe dessa música causou polêmica, pois enfatizava um triângulo amoroso entre dois jovens e uma garota e numa das cenas, que mostrava os dois jovens brigando na praia em câmera lenta, a revista Rolling Stone falou que o clipe era o mais homoerótico já feito até então.

“It´s Alright”, que também é um cover, do artista americano Sterling Void, e em sua letra fala das questões políticas mais intensas naquele ano, como ditadura no Afeganistão, revolução na África, danos ao meio ambiente mundial, dentre outras. A canção tem ótima melodia e uma batida dance house e é a última do álbum e a maior faixa, 09:23 minutos.

Introspective é sem dúvida um dos discos mais importantes do Pet Shop Boys, do Pop dos anos 80 e porque não do Pop em todos os tempos, pois influenciou muita gente que veio depois dele. É um álbum com poucas canções, mas com grandes sucessos e que é referência pra quem curte esse tipo de som, um excelente trabalho dos gênios do pop britânico, Neil Tennant e Chris Lowe, Pet Shop Boys.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *