A maior boy band brasileira: Grupo Dominó.

Os anos 80 proporcionaram aos amantes de música grandes momentos em todos os ritmos. Diria que isso aconteceu tanto no Brasil quanto no exterior. Vimos grandes fenômenos surgirem e depois caírem no gosto popular. Foi assim também com a maior boy band da história desse país. O grupo paulistano Dominó reinou absoluto entre os anos de 1984 e 1989.

A formação clássica do grupo era Afonso Nigro, Nill (Lenilson dos Santos), Marcos Quintella e Marcelo Rodrigues. O quarteto foi criado pela produtora do saudoso apresentador Gugu Liberato, a Promoart Shows, para ser uma espécie de Menudo brasileiro. Naquela época a banda porto-riquenha estava no topo das paradas na América Latina.

Após lançarem alguns álbuns, o Grupo Dominó chegou ao seu auge em 1987, com o lançamento do seu terceiro disco, o autointitulado “Dominó”, que é o mais vendido do grupo e tem seus maiores sucessos.

Grupo Dominó
FOTO: MILTON MONTENEGRO

Grupo Dominó foi um fenômeno musical nos anos 80

O que se viu após o lançamento desse disco foi a “Dominomania”. O grupo estava presente em todos os principais programas de auditório da TV brasileira, fazendo filmes com os Trapalhões, tocando em todas as rádios, fazendo quase 30 shows por mês, enfim, um fenômeno.

Falando mais de “Dominó”, o álbum mencionado acima, ele tem 11 canções em aproximadamente 35 minutos, com um som pop, porém, já se vê nesse trabalho mais influências de rock, até porque naquele momento a onda musical brasileira era o rock e a new wave, e os arranjos das canções têm uma levada mais rock n´roll. As letras falam de amor, relacionamentos e indignação.

Todas as versões das canções foram feitas por Edgard Poças, exceto onde indicado:

LADO A

CançãoCompositorVersão OriginalTempo
1“Viajando à Noite”Javier Losada / Daniel Maroto“Viviendo de Noche” – Veni Vidi Vici4:14
2“P da Vida”Lucio Dalla“Tutta la Vita” – Lucio Dalla3:59
3“Manequim”Chao“Maniqui” – Chao4:07
4“Ando Parado”Paul Mounsey 4:50
5“O Fino”Serge Mallard / Carmen Santoja / John Morris“Rufino” – Luz Casal4:11

LADO B

CançãoCompositorVersão OriginalTempo
1“Medusa”R. Cook / R. Greenaway“My Baby Loves Lovin” – White Plains3:21
2“Tudo a Ver Como Teu Olhar”P. Mounsey 3:46
3“Wild World”Cat Stevens“Wild World” – Cat Stevens3:33
4“Quando Te Vi”Meredith Wilson (Versão Ronaldo Bastos)“Till There Was You” – The Music Man2:15
5“Vôo Livre”Millikito 3:05
6“Linha e Carretel”P. Mounsey 3:31

Gravadora: Epic CBS
Produção: Oscar Gomez
Duração: 34:78

“P da Vida” é a música mais conhecida do Grupo Dominó

Para falar dos grandes clássicos do álbum, vou iniciar com a canção mais conhecida do grupo, tocada até hoje e muito regravada ao longo dos anos, “P da Vida”. A música é uma regravação da canção “Tutta la Vita” do italiano Lucio Dalla e versão em português de Edgard Poças.

Dentre as regravações mais conhecidas de “P da Vida, a de Fafá de Belém em 1995 é muito lembrada e em 2020 a banda brasiliense Plebe Rude, uma das grandes do cenário roqueiro dos anos 80, também regravou a canção. Plebe Rude contou com uma participação muito especial: Afonso Nigro.

Canção que fala de insatisfação, preconceito, política, dentre outros temas que mesmo após 34 anos de sua gravação original seguem sendo muito atuais, ainda mais no momento político que o Brasil vive, com os defensores da direita, da esquerda, enfim, nada tão atual quanto essa canção.

O detalhe é que ela quase foi excluída do disco, pois a gravadora achava que ela não tinha nada a ver com o que o Dominó cantava, coisas sobre amor, romances e tal. Porém, Edgard Poças ameaçou tirar todas as suas canções do disco, que eram várias, e com isso a gravadora cedeu. O resultado foi essa canção atemporal, um clássico absoluto.

“Manequi” foi mais uma versão de sucesso do Dominó

Outro clássico do disco e da carreira do grupo Dominó é “Manequim”, uma regravação de “Manequi” do cantor espanhol Juan Carlos Nieto, o Chao. É mais uma canção tocada até os dias atuais e sempre lembrada quando o assunto é desfile de moda. Vale a lembrança que no videoclipe da canção aparece uma das musas do Brasil naquela época, a paulista Luciana Vendramini.

As Boy Bands e o fenômeno NEW KIDS ON THE BLOCK.

Pop Rock anos 90: ROXETTE e sua obra-prima “Joyride”!

Menudo: em 1984, a maior boy band da América Latina.

Seguindo a falar dos maiores sucessos do disco, temos “Medusa”, uma canção que fala de amor e relacionamentos e a canção original chama-se “My Baby Loves Lovin”, do grupo White Plains.

Fechando os maiores hits, temos “Tudo a Ver Com o Teu Olhar”, que é mais uma que fala de relacionamentos.

Gugu Liberato deu nome ao Grupo Dominó

Vale lembrar que o nome Dominó foi escolhido por Gugu Liberato. Ele olhou uma lista telefônica e foi trocando as silabas do nome Menudo até chegar na palavra Dominó. Depois da saída de Nill em 1989, o grupo foi aos poucos perdendo popularidade e um a um os demais integrantes foram deixando o grupo.

Só em 1997, com uma formação totalmente diferente, o grupo Dominó voltaria a fazer sucesso nacional e até internacional, isso com a canção “Baila Baila Comigo”.

Quem viveu os áureos tempos da “Dominómania” vai lembrar com carinho desse grupo que mesmo com os preconceitos de ser uma boy band, de ser rotulada como “sem talento musical”, banda de comercial e coisas do tipo, mostrou que seus integrantes tinham talento.

O grupo teve 5 discos de ouro, 4 de platina, participações em pelo menos 4 filmes de grande bilheteria e, frequentemente, ter participado de maiores programas de auditório do país são prova disso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *