Dia do Rock: ELVIS PRESLEY e a coletânea “ELV1S: 30 #1 Hits”.

Elvis Presley, também conhecido como o “Rei do Rock” ou simplesmente “O Rei”! O que falar de uma figura tão emblemática, um ícone cultural do século 20 e uma das mais importantes de todos os tempos. Mesmo depois de 40 anos de sua prematura morte, ele segue sendo venerado pelo mundo afora, conquistando cada vez mais fãs, saiu de cena o ídolo e inaugurou-se o mito.

Elvis que sempre foi conhecido pela seu potente timbre de voz, pela sua diversidade de estilos vocais, já que cantou até em outros idiomas e pelo fato de ser eclético musicalmente, ele poderia cantar muito bem tanto Rock N’ Roll quando uma balada, fora toda a sua mítica forma de dançar e suas famosas roupas, muito lembradas pelos fãs.

Em 24.09.2002 foi lançada a coletânea “ELV1S: 30 #1 Hits” para celebrar os 25 anos da morte do Rei do Rock, mas detalhe, nem todos os sucessos que ficaram em 1º lugar nas paradas foram lançados, já que foi apenas um disco. Esse foi o primeiro álbum de Elvis lançado em formato DVD de áudio e contém como faixa bônus um remix da canção “A Little Less Conversation” feita pelo DJ holandês JXL, que acabou sendo um enorme sucesso pelo mundo todo, sendo 1º lugar em vários países.

Ao todo “ELV1S: 30 #1 Hits” vendeu cerca de 11 Milhões de cópias no mundo todo, sendo um dos mais vendidos no ano de 2002 e um dos mais vendidos do próprio Elvis, já que após seu lançamento ele foi direto ao 1º lugar das paradas em 17 países e ficou por 112 semanas na parada americana da Billboard.

Elvis Presley

Faixas:

  1. “Heartbreak Hotel” (Tommy Durden, Mae Boren Axton) – 2:10
  2. “Don’t Be Cruel” (Otis Blackwell) – 2:04
  3. “Hound Dog” (Jerry Leiber, Mike Stoller) – 2:16
  4. “Love Me Tender” (Ken Darby) – 2:45
  5. “Too Much” (Bernard Weinman, Lee Rosenberg) – 2:33
  6. “All Shook Up” (Otis Blackwell) – 2:00
  7. “(Let Me Be) Your Teddy Bear” (Kal Mann, Bernie Lowe) – 1:48
  8. “Jailhouse Rock” (Jerry Leiber, Mike Stoller) – 2:37
  9. “Don’t” (Jerry Leiber, Mike Stoller) – 2:49
  10. “Hard Headed Woman” (Claude Demetrius) – 1:56
  11. “One Nght” (Dave Bartholomew, Pearl King, Anita Steinman) – 2:33
  12. “(Now And Then There´s) A Fool Such As I” (Bill Trader) – 2:40
  13. “A Big Hunk O´Love” (Aaron Schroeder, Sid Jaxon) – 2:12
  14. “Stuck On You” (J. Leslie McFarland, Aaron Schroeder) – 2:18
  15. “It´s Now or Never” (Wally Gold, Aaron Schroeder, Eduardo di Capua) – 3:15
  16. “Are You Lonesome Tonight?” (Roy Turk, Lou Handman) – 3:06
  17. “Wooden Hart” (Fred Wise, Ben Weisman, Key Twomey, Bert Kaempfert) – 2:03
  18. “Surrender” (Ernesto de Curtis, Doc Pomus, Mort Shuman) – 1:52
  19. “(Marie´s The Name) His Latest Flame” (Doc Pomus, Mort Shuman) – 2:10
  20. “Can´t Help Falling In Love” (Hugo Peretti, Luigi Creatore, George Weiss) – 2:59
  21. “Good Luck Charm” (Wally Gold, Aaron Schroeder) – 2:25
  22. “She´s Not You” (Jerry Leiber, Mike Stoller, Doc Pomus) – 2:08
  23. “Return To Sender” (Winfield Scott, Otis Blackwell) – 2:09
  24. “(You´re The) Devil In Disguise” (Bill Giant, Bernie Baum, Florence Kaye) – 2:17
  25. “Crying In The Chapel” (Artie Glenn, Darrell Glenn) – 2:23
  26. “In The Ghetto” (Mac Davis) – 2:45
  27. “Suspicious Minds” (Mark James) – 4:29
  28. “The Wonder Of You” (Baker Night) – 2:35
  29. “Burning Love” (Dennis Linde) – 2:50
  30. “Way Down” (Layng Martine Jr.) – 2:37

Faixa Bônus:

  1. “A Little Less Conversation” (JXL Radio Edit Remix) – 3:30

Em virtude de ser uma longa coletânea, falaremos apenas de algumas músicas, da ordem do álbum e com alguns detalhes importantes. “Heartbreak Hotel” abre o álbum e se tornou sem dúvida um de seus maiores sucessos, a letra da música fala de um relacionamento amoroso, mas ela foi inspirada num suicídio de um homem solitário que pulou da janela de um hotel.

“Don´t Be Cruel” é mais uma canção sobre relacionamentos amorosos e foi a 1ª canção dada pelos seus compositores, que Elvis gravou. Ela sempre era tocada nos shows como um medley. Nos primórdios, os Beatles também tocavam essa canção.

“Hound Dog” totalmente Rock N´ Roll, foi uma versão que o Rei fez para um sucesso americano, mas acabou ficando melhor que a original e foi um tremendo sucesso, sendo uma das mais importantes da história do Rock e incluída no Rock N’ Roll Of Fame.

“Love Me Tender” é uma belíssima balada que Elvis gravou para o filme “Love Me Tender” da 20th Century Fox, e claro foi um grande sucesso, sendo inclusive listada pela revista americana Rolling Stone como uma das 500 maiores músicas de todos os tempos.

“Jailhouse Rock” é mais um grande sucesso do Rei e ela foi gravada para o filme de mesmo de Elvis. A letra é sobre uma festa num presídio e alguns nomes citados na letra realmente existiram, críticos falaram que a letra era boba, mas está marcada como um dos clássicos da história do rock.

“It´s Now Or Never” é mais uma belíssima e marcante balada do Rei, com seus arranjos maravilhosos e se tornou um dos seus maiores sucessos. É uma das canções que Elvis gravou da língua italiana, a original chamada “O Sole Mio” do Napolitano, Eduardo di Capua, foi regravada por diversos artistas mundo afora. Reza a lenda que essa canção teve sua letra feita em meia hora e seu compacto vendeu cerca de 20 milhões de cópias.

O cantor Barry White disse que “It´s Now Or Never” foi sua inspiração para mudar de vida após sua saída da prisão em 1960 aos 16 anos, pois quando preso ele ouviu a canção no presídio.

“Surrender” é mais uma balada que Elvis fez uma adaptação de uma música italiana, a canção original escrita pelo italiano Ernesto de Curtis chama-se “Torna a Surriento” e obviamente, “Surrender” fez um enorme sucesso e se tornou outro dos compactos mais vendidos do Rei do Rock.

“Can’t Help Falling In Love” é uma das mais belas, marcantes e famosas canções do Rei, sendo regravada por vários artistas depois dele. A melodia e os arranjos são maravilhosos e é uma das canções mais queridas pelos fãs do Rei. Geralmente essa canção encerrava os shows de Elvis e essa foi a última música que ele cantou ao vivo em seu último show em Indianápolis em 26.06.1977.

“Crying In The Chapel” a lindíssima canção de 1953 que Elvis regravou em 1960, já em sua fase Gospel, mostra o quão maravilhoso ele era cantando em qualquer estilo que fosse. A letra maravilhosa e os arranjos singelos e tocantes da canção, a tornam uma das mais belas gravações do Rei do Rock.

“In The Guetto” e sua letra maravilhosa, falando da pobreza e toda a realidade dos guetos de Chicago (EUA) é sem dúvida uma das mais marcantes gravações do Rei do Rock.  O retorno de Elvis às apresentações ao vivo após ficar sete anos envolvido apenas com cinema, se deu justamente com essa música num programa televisivo em 03.12.1968.

“Imagine”, o maravilhoso álbum de JOHN LENNON.

INFORMATION SOCIETY com seu clássico álbum.

ROY ORBISON, o inesquecível “The Big O”

“Suspicious Minds” é pessoalmente a mais marcante canção do Rei e um dos de seus maiores sucessos, além disso, foi a canção que retornou o sucesso na carreira de Elvis após o especial de 1968. Mais uma balada muito querida e adorada pelos fãs e que fala sobre um relacionamento desconfiado e das necessidades para mantê-lo. A canção está no álbum “From Elvis In Memphis” de 1969, considerado um de seus melhores álbuns e foi o último compacto do Rei a estar em 1º lugar nas paradas de sucesso antes de sua morte em 1977.

“The Wonder Of You” também se transformou em mais uma balada de sucesso e era uma das 35 músicas que ele cantava regularmente em seus shows.

“Burning Love” é o puro Rock N’ Roll que o fez se tornar no Rei do Rock! É mais uma versão que acabou se tornando mais conhecida que a original, graças à Elvis. Pode-se dizer que esse foi seu último grande sucesso nas paradas.

“A Little Less Conversation” ganhou uma versão estilo Dance, com uma batida mais Funk e uma ênfase nas guitarras, como faixa bônus, feita pelo DJ JXL. Essa canção foi usada na publicidade da Copa do Mundo da FIFA em 2002. Também existem versões mais longas dessa canção, pois a da coletânea é de 3:30.

Bem, depois de rever alguns de seus grandes sucessos, podemos comprovar porquê Elvis foi o Rei, com uma diversidade que foi além do Rock, seja cantando baladas ou música gospel, ele realmente fez história e nunca mais haverá outro Rei do Rock. “ELV1S: 30 #1 Hits” é uma ótima oportunidade para aqueles que não conhecem o legado de Elvis Presley terem a oportunidade de fazê-lo. Esse álbum vendeu milhares de cópias mundo afora e isso prova que música boa nunca sai de moda, pelo contrário, sempre haverá espaço pro bom e velho Rock N’ Roll e seu eterno Rei do Rock, Elvis Aaron Presley!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *