Dance Music anos 90 com ICE MC e seu “Ice’n’Green”!

IAN CAMPBELL, rapper e principal figura do ICE MC, estava num hiato após seu segundo disco lançado em 1991 e em virtude do grande sucesso da Dance Music naquele momento, especialmente o gênero Eurodance, Campbell decidiu gravar seu terceiro disco. Ice’n’Green foi lançado em 1994 e tinha a até então desconhecida italiana, ALEXIA Aquilani, que revezava com Campbell entre vocais principais e backing vocals. Esse trabalho colocou o ICE MC entre os grandes da cena da Dance Music mundial e foi o álbum mais vendido da banda no mundo inteiro. Curiosamente o álbum chama-se “Ice’n’Green” (Gelo e  Verde), mas a capa é predominantemente azul. Não há uma explicação para a escolha, provavelmente partiu da gravadora.

“Ice’n’Green” tem 15 faixas, alguns remixes e grandes sucessos em aproximadamente 62 minutos do mais puro Eurodance, com muitas girias em estilo jamaicano de Campbell e com letras que falam de reflexões pessoais, questões sobre o mundo, cotidiano, AIDS, aventuras, festas e amor. Além de Ian Campbell e Alexia, a produção do disco é de outro grande nome da Dance Music, o italiano Roberto Zanetti, também conhecido como Savage ou Robyx, que é o apelido que usou para se identificar nesse álbum. Todas as canções foram escritas por Roberto Zanetti.

Ice MC Ace n' Green

Faixas:

  1. “It´s a Rainy Day”
  2. “Labba Ling”
  3. “Take Away The Colour”
  4. “Think About The Way”
  5. “Look After Nature”
  6. “Run Fa Cover”
  7. “Russian Roulette”
  8. “The Britaican”
  9. “Dark Night Rider”
  10. “It’s a Rainy Day” (Happyman Radio Mix)
  11. “Funkin’ With You”
  12. “African Buzz”
  13. “Think About The Way” (Pumped Up Club Mix)
  14. “Think About The Way” (Noche de Luna Mix)
  15. “Think About The Way” (Answering Machine Mix)

É um álbum com quinze faixas, porém, com remixes, até mais de um de uma mesma faixa. O álbum abre com um dos maiores sucessos da banda, “It’s a Rainy Day”, que fala sobre comportamento e tocou constantemente nas rádios do mundo inteiro, sendo sem dúvidas o maior sucesso do álbum. A destacar a bela contribuição de Alexia nos vocais, o que seria uma constante no resto do álbum. Há mais uma versão dessa canção no disco.

“Take Away The Colour” foi o primeiro single do álbum, mais um grande sucesso e sua letra fala sobre festa e todo mundo curtindo a balada. Uma curiosidade nessa canção é que na versão do álbum quem faz o backing vocal é Simone Jay. Em 1995, um ano depois da gravação original, foi lançada uma nova versão chamada “Take Away The Colour” (’95 Reconstruction), aí sim, com os vocais de Alexia.

Dance Music representada por HADDAWAY e o ótimo “The Album” (1993)

Dance Music com WHIGFIELD e seu maravilhoso “Whigfield”.

“Think About The Way” foi o segundo single lançado e é uma bela canção da banda, falando sobre a relação da música e o mundo, uma reflexão sobre o modo de vida das pessoas, sem fronteiras e sem discriminação. Essa canção foi trilha sonora do filme “Trainspotting” e obteve muito sucesso no Reino Unido. No álbum essa canção teve três versões e contava com Alexia nos backing vocals.

“Run Fa Cover” não atingiu o mesmo sucesso de outras canções, mas também teve destaque no disco. É bem nítida nessa música, como Campbell usa gírias bem ao estilo jamaicano e as vezes não se consegue entender o que ele canta. Foi o último single lançado do álbum. “Russian Roulette” com um belo arranjo, fala da roleta russa que é viver a vida sem proteção e sem cuidados. Faz citações ao vírus HIV, à AIDS e dá o recado às pessoas para tomarem cuidado com o jogo da vida. Fechando os hits do álbum, temos “Dark Night Rider”, que foi bastante executada nas rádios, fez muito sucesso e sua letra fala de aventuras. Cita nomes como Superman, Batman, Robin Hood, Homem-Aranha e um cavaleiro da escuridão que cavalga pela noite.

Passado o fenômeno do Eurodance dos anos 90, podemos ver que o Ice MC realmente fez muito sucesso, deixou grande obra e com “Ice’n’Green” mostrou que estava lá para ser referência no gênero. Campbell viria a lançar outros trabalhos, mas nada comparado à esse álbum, principalmente pela excelente parceria que ele teve com Alexia, que deu o tom da qualidade vocal desse disco, já que o vocal de dela é maravilhoso, sem sotaque algum italiano e bem diferente do vocal carregado de gírias jamaicanas de Campbell. Alexia que logo depois sairia do Ice para uma excelente carreira solo, cheia de hits. É sem dúvida um dos melhores discos da Dance Music e merece ser ouvido sempre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *