Bryan Adams, talento nos palcos e na fotografia

A ESTRELA BRYAN ADAMS:

Em primeiro lugar, todos nós conhecemos o talento do canadense Bryan Adams, um dos maiores cantores românticos da história, e que já vendeu mais de 100 milhões de discos no mundo todo.

Começou a carreira como cantor em 1975 e até hoje continua nos palcos, fazendo shows e encantando multidões. O que muita gente não sabe é do outro talento do superstar canadense: a fotografia.

O FOTÓGRAFO:

Adams também trabalha como fotógrafo profissional e ele tem tanto talento que em 16.09.2015, recebeu uma bolsa honorária da Royal Photographic Society, em Londres, uma das sociedades fotográficas mais antigas do mundo, pelos seus serviços fotográficos.

Todavia, dentre os seus vários trabalhos de sucesso, destacam-se as publicações nas revistas Vogue, Vanity Fair, Harper´s Bazaar, GQ, Esquire, Interview e iD.

Além dessas, ele também fotografou para marcas como Hugo Boss, OPEL, Jaguar, Guess Jeans, Montblanc, Zeiss, Joop, AGL, Schwarzkopf, dentre outras.

Bryan Adams fundou uma revista de moda chamada Zoo, com sede em Berlim, onde ele fotografa regularmente.

FOTOS COM CELEBRIDADES:

Os colegas músicos também fazem parte do portfólio de Bryan Adams, ele já fotografou nomes como Michael Jackson, Mick Jagger, Alanis Morissette, Sting, Robert Plant, Elton John, Tina Turner, Morrissey, Celine Dion, Sheryl Crow, Laura Pausini, Bruce Springsteen, só pra citar alguns.

Além deles, celebridades como Jennifer Aniston, Scarlett Johansson, Serena Williams, Cindy Crawford, Gwyneth Paltrow, Kate Moss, Linda Evangelista, Muhammad Ali, Dustin Hoffman, Sean Pean e muitos outros mais, passaram pelas lentes de Adams.

“Reckless” e o romântico BRYAN ADAMS.

EROS RAMAZZOTTI e o romântico “Tutte Storie”.

COLABORAÇÕES IMPORTANTES:

Assim como nos palcos, Bryan Adams fez importantes colaborações na fotografia, por exemplo em 2005 para a empresa Calvin Klein, onde o lucros da publicação foram para o memorial Sloan Kettering Cancer Center, para pesquisas sobre o câncer de mama.

Em 2002, ele foi convidado a fotografar a Rainha Elizabeth II, durante seu jubileu de ouro.

Além disso, ele também apoia a iniciativa Hear the World como fotógrafo em seu objetivo de aumentar a consciência global para o tópico de audição e perda auditiva.

Ainda assim, lançou um livro de fotografia intitulado Wounded – The Legacy of War  (2013), para destacar as consequências humanas da guerra.

FOTO: otempo.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *