Alceu Valença e a história de “La Belle de Jour” (1991)

O INÍCIO DO CLÁSSICO DE ALCEU VALENÇA

Primeiramente, acho essa canção linda e com vários momentos interessantes, que começam ainda em 1973, quando Alceu namorou uma garota que pouco tempo depois foi morar na França.

Assim, em 1978, Alceu Valença foi à Paris fazer uma temporada e geralmente após seus shows ele ia filosofar no chamado “Bar dos Filósofos”, que era próximo ao teatro onde ele se apresentava.

OS ANOS SE PASSAM…

O tempo passou e em 1986 lá estava ele novamente nesse bar, até que de repente uma bela mulher se depara com Alceu e lhe pergunta: “Quem é você?”, ele responde que era um poeta e ela lhe pede uma poesia.

Então, nosso poeta pegou um guardanapo e deu à bela um poema em branco.

A mulher em questão era simplesmente a atriz inglesa Jacqueline Bisset, musa do cinema internacional nas décadas de 70 e 80, além de uma das mulheres mais belas do mundo.

Ela adorou a ideia de Alceu e saiu falando para seus amigos no bar, porém, Alceu Valença não sabia quem era a beldade que lhe deu “bola” naquele momento.

Até que seu amigo e produtor, Wellington Lima lhe disse que se travava de Jacqueline Bisset.

VEIO A IDÉIA DE LA BELLE DE JOUR

Alceu guardou isso na cabeça e ao escrever a canção em 1991 fez uma confusão, pois o nome “La Belle de Jour” é tirado de um filme do espanhol Luis Buñuel, mas a musa do filme não era Jacqueline Bisset e sim a bela Catherine Deneuve.

Ele mesmo fala que misturou a Praia de Boa Viagem com Paris e quando foi convidado a participar do programa de Jô Soares, também se confundiu ao falar das musas.

Alceu Valença queria homenagear Jacqueline Bisset e no fim acabou homenageando Catherine Deneuve.

Por fim, o que importa é que a canção virou um clássico e saiu no álbum “Sete Desejos” (1991), se tornando um dos maiores sucessos de sua brilhante carreira.

MPB com ALCEU VALENÇA e seu grande clássico, “Cavalo de Pau” (1982).

“O GRANDE ENCONTRO” da música nordestina (1996)

FOTO: FOLHAPE.COM.BR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *